[ editar artigo]

PRESENTES PARA A VIDA TODA – CONFIRA DICAS DE LIVROS PARA O DIA DAS MÃES

PRESENTES PARA A VIDA TODA – CONFIRA DICAS DE LIVROS PARA O DIA DAS MÃES

Desde a gestação, uma série de perguntas e inseguranças surge na vida de uma futura mamãe. E engana-se quem pensa que esses questionamentos acabam quando os filhos nascem. “Como será meu parto?”, “Meu filho (a) não quer comer, o que eu faço?”, “Será que a amamentação é suficiente nessa idade?”, “O que ele pode comer após o desmame?” são apenas algumas questões que elas carregam. Para tirar essas dúvidas e com conselhos e dicas que ajudam a criar os filhos da melhor forma possível, a editora Timo apresenta alguns livros que podem ajudar as mamães – e futuras também – a embarcarem no universo da maternidade. São os presentes ideais para o Dia das Mães, comemorado em 10 de maio, afinal são para a vida toda.

 

As publicações da editora Timo são de renomados autores, como o médico espanhol Carlos González, considerado um dos maiores ícones da atualidade em defesa da amamentação e da criação com apego; das britânicas Gill Rapley e Tracey Murkett, que desenvolveram o método BLW de alimentação dos bebês após o desmame; e a fotógrafa Lela Beltrão, um dos nomes mais importantes no Brasil quando o assunto é fotografia de parto. Os livros abordam desde o parto, mostrando imagens desse momento ímpar para as mães, até a criação com apego, passando pela amamentação e pela descoberta dos alimentos pelos bebês. “A editora Timo tem como energia vital os direitos humanos, sexuais e reprodutivos, a saúde, a mulher, a criança, a amamentação, a igualdade de raça e gênero, a defesa das minorias, a informação isenta, a autonomia com arte e design. E sempre procuramos publicar livros que enalteçam esses temas. Nosso objetivo é publicar, no sentido de tornar público, obras que imprimam esses valores e tragam à sociedade alguns debates com pouco espaço no mundo contemporâneo”, diz Ana Basaglia, Publisher da editora Timo.

Um presente para a vida toda – Guia de aleitamento materno

Um bebê que tem a oportunidade de mamar o leite materno recebe um presente para a vida toda! O livro Um presente para a vida toda é um texto reconhecido no mundo materno como uma das “bíblias da amamentação”. Seu conteúdo é informativo, mas sua linguagem é clara e acessível. O Dr. González é um autor experiente, um pesquisador obstinado e um pediatra que se coloca no lugar do bebê, nos oferecendo um ponto de vista preciso, mas amoroso e pouco intervencionista.

Meu filho não come!

 “Meu filho não come.” Essa é, sem dúvida, uma das frases que um pediatra mais escuta ao longo da sua vida. Embora no inverno ele enfrente a competição da tosse e dos resfriados, no verão, o não comer converte-se no rei indiscutível das consultas. Depois de explicar que seus filhos não comem, muitas mães prosseguem com algo mais ou menos assim: “Eu sei que tem muitas mães chatas que ficam falando que seus filhos não comem. Mas é que o meu, doutor, realmente não come nada, você tinha que ver…”. E elas erram duplamente. Erram, em primeiro lugar, ao pensar que seus filhos são os únicos que não comem. Mas elas erram principalmente ao pensar que outras mães são “chatas”. Nenhuma é. As famílias, especialmente as mães, sofrem com os conflitos relativos à alimentação. Sofrem muito. A ideia de não obrigar uma criança a comer, que constitui o eixo central deste livro, não deve ser considerada como um “método para abrir o apetite”, mas, sim, como uma manifestação do nosso amor e respeito pelos nossos filhos.

Bésame Mucho: Como Criar Seus Filhos Com Amor

 “A orientação de um livro ou de um profissional raramente é explícita. A orelha do livro deveria dizer claramente: “Este livro parte do princípio de que as crianças precisam da nossa atenção”. Ou então: “Neste livro supomos que as crianças nos fazem de bobos na primeira oportunidade”. Os mesmos deveriam fazer os pediatras e psicólogos na primeira consulta. Assim, as pessoas seriam conscientes das diferentes orientações e poderiam comparar e escolher o livro ou o profissional que se adapte melhor às suas próprias crenças”. Com uma narrativa leve e deliciosa, o pediatra espanhol Carlos González deixa claro os propósitos do seu livro: uma educação dos filhos com base no amor, no respeito e na liberdade.

Baby-Led Weaning: o desmame guiado pelo bebê – Gill Rapley e Tracey Murkett

 “Weaning” é a transição gradual que um bebê faz até deixar de se alimentar exclusivamente de leite materno, um processo que pode levar anos. O livro “BLW: o desmame guiado pelo bebê” é sobre o início desse processo de desmame, desde o primeiro pedaço de comida sólida que o bebê ingere, que não substituem o leite materno (ou a fórmula láctea infantil), mas fazem com que a dieta fique gradualmente mais diversificada. Na maioria das famílias, o desmame é guiado pelos pais, que decidem quando e como seus bebês deverão comer. A ideia do BLW é permitir que o bebê guie todo o processo, usando seus instintos e habilidades: em vez de papinhas, são oferecidos legumes, frutas e outros alimentos sólidos em pedaços para que ele próprio os pegue com as mãos e coma de maneira autônoma, abrindo um mundo de boas possibilidades para seu desenvolvimento. Entre os benefícios estão o desenvolvimento da capacidade de mastigação do bebê, de sua destreza manual e da coordenação entre as mãos e os olhos.

Nascer – Lela Beltrão

Pensando no parto, esse momento tão especial, intenso e por vezes complexo na vida das mulheres, a Editora Timo escolheu falar mais sobre o tema nesse projeto. Toda mulher deveria ter autonomia para escolher o parto que quer para si, e essa escolha (consciente) precisa ser respeitada. O livro Nascer, que reúne registros de partos por Lela Beltrão, um dos maiores nomes quando o assunto é fotografia de parto humanizado no Brasil, pretende mostrar a importância da mulher como protagonista do seu parto e as consequências positivas que um parto vivenciado com respeito podem ter na vida de um bebê e, por conseguinte, de toda a família que está nascendo nesse momento.Essa coletânea de imagens permite que o leitor veja 3, 4, 5 mulheres diferentes em um mesmo momento do trabalho de parto. Durante uma contração, na banheira, com o suporte da doula, no período expulsivo, entre outros. E quando vemos várias mulheres parindo lado a lado, percebemos uma relação, algo que é comum a todas, uma similaridade no ser mulher e no parir, trazendo uma sensação de normalidade e naturalidade para o processo do parto.

Comunidade Pitch Literário
Ler matéria completa
Indicados para você